Morte

Indígena recém-nascida morre por coronavírus no Sertão de Pernambuco

Bebê de três dias de vida faleceu em casa

Marília Pessoa
Marília Pessoa
Publicado em 05/05/2020 às 10:59
NOTÍCIA
Foto ilustrativa/Pixabay
FOTO: Foto ilustrativa/Pixabay
Leitura:

Um bebê indígena de três dias de vida faleceu por causa do novo coronavírus em Floresta, no Sertão pernambucano. Segundo o secretário de saúde, André Longo, o bebê teve o diagnóstico confirmado, mas o caso ainda não entrou para as estatísticas oficiais.

De acordo com o secretário, a mãe do bebê teria realizado consulta, o parto e a laqueadura na rede privada. O bebê deu entrada em uma unidade de saúde do município com sintomas de Covid-19. Após o atendimento, a criança foi atendida e depois mandada para casa, onde acabou apresentando uma piora e o quadro evoluiu para insuficiência respiratória. O bebê faleceu no dia 30 de abril.

A mãe da criança está sendo acompanhada.

"A gente lamenta muito mais uma perda, de uma vida tão precoce, aos três dias de vida, de uma criança vinda de uma aldeia indígena. É um evento raro, mas os recém-nascidos têm imunidade frágil e qualquer infecção por algum agente nesse período pode evoluir para um quadro mais grave", disse o secretário de saúde do Recife, Jailson Correia, que também é pediatra.

A prefeitura de Floresta emitiu uma nota falando sobre a morte da bebê e se solidarizando com parentes e amigos da criança. Além disso, a gestão reforçou o pedido para que a população da cidade continue em isolamento social e fazendo todos os cuidados necessários para se prevenir da doença.

Leia a nota na íntegra:

"A Secretaria Municipal de Saúde de Floresta, no compromisso de ser transparente com a população no que diz respeito aos fatos relacionados ao Covid-19, vem a público cumprir a dolorosa tarefa de informar que tivemos o primeiro óbito de uma florestana por Covid-19.

O caso é de uma recém-nascida de três dias, indígena da etnia Pipipã, que apresentou sintomas de desconforto respiratório e faleceu no dia 30/04/2020. O óbito aconteceu em sua residência.

O material coletado foi enviado para o Laboratório Central (LACEN) e hoje recebemos o resultado que positivou para Covid-19.

Neste momento de dor, nos solidarizamos com a família enlutada e amigos, pedindo a Deus força e fé. Pedimos a toda a população florestana que continue em isolamento social, usando máscara e lavando as mãos frequentemente, pois essas atitudes são para combatermos o vírus".

Mais Lidas