Investigação

Polícia investiga falsa médica suspeita de exercer medicina ilegalmente na UPA de Belo Jardim

Suspeita usava o nome e o CRM de uma médica do Rio Grande do Norte

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 11/05/2020 às 13:10
NOTÍCIA
Pixabay
FOTO: Pixabay
Leitura:

A Polícia está investigando uma falsa médica suspeita de praticar medicina de maneira ilegal na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Belo Jardim, no Agreste pernambucano. A mulher se passava por uma médica que mora em Natal, no Rio Grande do Norte.

De acordo com a diretoria da UPA, foi realizada uma pesquisa no site do Conselho Federal de Medicina ao perceber que havia algo estranho com a suspeita. Foi constatado que a pessoa que assumiu o plantão no dia 8 de maio estava usando o número do CRM da Doutora Maria Augusta Cavalcanti, além de terem constatado que a foto do perfil profissional do site era diferente da mulher.

A equipe médica acionou a Polícia Militar (PM), mas a suspeita fugiu.

Médica denunciou suspeita

A doutora Maria Augusta, em nota, informou que foi avisada por um colega que uma mulher desconhecida estava usando seu nome e seu CRM. A médica informou, nas redes sociais, que está morando em Natal há quase dois anos e que não atende em cidades de Pernambuco. Além disso, ela também disse que tomou as providências e denunciou o caso.

*Informações da Rádio Jornal Pesqueira

Mais Lidas