menu

Confira índices de barragens do interior após chuvas em Pernambuco

Alguns reservatórios no estado apresentaram mudanças no volume após chuvas

Barragem do Prata está com 80% da capacidade total
Barragem do Prata, em Bonito (Reprodução/TV Jornal Interior)

Após as fortes chuvas que atingiram o interior de Pernambuco recentemente, algumas barragens apresentaram novos índices e volumes acumulados. Nesta quinta-feira (21), a Barragem Pedro Moura Jr., por exemplo, chegou perto de transbordar e provocar uma enchente, situação que deixou os moradores de São Caetano, sobretudo os que moram próximo ao Rio Ipojuca, em alerta.

Veja os índices das barragens:

Jucazinho

O manancial, localizado em Surubim, tem capacidade máxima de 204.821 e atingiu um volume de 66.962 metros cúbicos, chegando a 32,7 % da sua capacidade.

Prata

O reservatório fica em Bonito e tem capacidade máxima de 39.544 metros cúbicos. O volume chegou a 25.847 metros cúbicos, atingindo 65, 4 % da sua capacidade.

Tabocas

O manancial é localizado em Belo Jardim e tem máxima de 1.168 metros cúbicos. Tabocas atingiu um volume de 1.174, atingindo 100% da sua capacidade.

Pedro Moura Jr.

O reservatório, que fica em Belo Jardim, tem capacidade máxima de 29.336 e atingiu um volume de 29.336 metros cúbicos, chegando a 100% da sua capacidade.

Brotas

Brotas fica em Afogados da Ingazeira, tem capacidade máxima de 19.640 atingiu um volume de 20.449 metros cúbicos, chegando a 104% da sua capacidade.

Taquara

O reservatório, localizado em Caruaru, tem capacidade máxima de 1.347 metros cúbicos e atingiu um volume de 687 metros cúbicos, o que representa 51% da capacidade.

Fonte: Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa)