Câmara Municipal

Requerimento pede afastamento do prefeito de Belo Jardim

Vereadores alegam que prefeito deixou a cidade por mais de 15 dias; Hélio dos Terrenos nega

Equipe NE10 Interior
Equipe NE10 Interior
Publicado em 29/05/2020 às 14:27
NOTÍCIA
Reprodução/Facebook
FOTO: Reprodução/Facebook
Leitura:

A Câmara Municipal de Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, aprovou nessa quinta-feira (28) um requerimento que pede o afastamento do prefeito Hélio dos Terrenos por abandono do cargo. Os vereadores alegam que o gestor se ausentou da cidade por mais de 15 dias. O prefeito nega.

De acordo com o artigo 65 da lei orgânica do município, o prefeito não pode se ausentar do município por mais de 15 dias sem licença da Câmara, sob pena de perda de mandato.

A partir da aprovação do requerimento, o jurídico da Casa irá apresentar um parecer. O requerimento, então, volta ao plenário, que poderá ratificar ou não o parecer. Em caso positivo, o prefeito seria afastado provisoriamente e um processo de afastamento seria aberto.

Prefeito nega ter saído da cidade

Em vídeo publicado nas redes sociais, o prefeito Hélio dos Terrenos negou que tenha deixado a cidade. Ele informou que está cumprindo as medidas de isolamento social, trabalhando de casa. "Tem requerimentos, assinaturas e decretos afirmando minha presença em Belo Jardim, em casa". O prefeito diz ainda que quem quiser pode visitá-lo.

O prefeito apontou que os opositores políticos estão trazendo as eleições municipais para o centro do debate em um momento de pandemia. Hélio dos Terrenos disse ainda que não é pré-candidato a reeleição, por questões pessoais.

*Com informações da Rádio Jornal Pesqueira

Mais Lidas