Pandemia

Governo avaliará semanalmente liberação de parques e praias de Pernambuco

Acesso às praias e parques públicos ainda segue proibido no estado

Marília Pessoa
Marília Pessoa
Publicado em 03/06/2020 às 13:10
NOTÍCIA
Arnaldo Carvalho/JC Imagem
FOTO: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Leitura:

O Governo de Pernambuco divulgou na última segunda-feira (1º) um plano para a retomada gradual das atividades econômicas. Esse plano contém um cronograma que explica como os 32 setores econômicos terão medidas restritivas flexibilizadas.

O eixo sobre o comportamento social inclui o retorno de atividades em praias, igrejas e parques públicos. A liberação desses locais será avaliada semanalmente de acordo com o comportamento da curva de contaminação do novo coronavírus (Covid-19) no estado.

“No caso do comportamento social estão as possibilidades de abrir praias, praças, parques e celebrações religiosas. Essa parte de comportamento social está sendo estudada e será divulgada semana a semana também”, explica o secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, Bruno Schwambach. “Recomendados que (as pessoas) comecem a ir trabalhar, mas, quando dentro do possível, fiquem em casa. Toda semana iremos avaliar, e dependendo do comportamento das curvas (epidemiológicas) pode vir uma medida de isolamento ou não. As avaliações são feitas de domingo a sábado, trazendo uma decisão para a semana seguinte”, ele completa.

Retomada de atividades econômicas em Pernambuco

A reabertura gradativa deve chegar à flexibilização total no fim de 11 semanas. Segundo o governo, o calendário poderá ser antecipado ou prorrogado, dependendo da curva de contaminação do coronavírus (Covid-19).

A primeira etapa começou nessa segunda (1º) e permite a operação de lojas físicas de material de construção, seguindo novos protocolos de atendimento. Poderão funcionar, (apenas por delivery): unidades de varejo de bairro e do Centro, assim como shoppings centers e o comércio atacadista.

Na próxima semana, a partir de 8 de junho, iniciará o retorno gradual da construção civil. Na Região Metropolitana do Recife, as obras serão liberadas com 50% dos funcionários, no horário das 9h às 18h. No interior do estado, a liberação também é de 50%, sem determinação de horário. Na próxima semana, o comércio atacadista poderá atuar, mas na Região Metropolitana só será permitido das 9h às 18h.

Mais Lidas