menu

Polícia prende suspeitos de homicídios e outros crimes no Agreste e Zona da Mata

Operação é realizada nesta terça-feira em várias cidades da região

Policiais se preparam para ir a campo
Policiais se preparam para ir a campo (Divulgação/Polícia Civil)

A Polícia Civil de Pernambuco deflagrou nesta terça-feira (9) a operação "Maquinista II", com o objetivo de prender suspeitos de uma quadrilha voltada para a prática de homicídios, tráfico de drogas, associação para o tráfico, crimes contra a economia popular, entre outros. A ação tem alvos nas cidades de Caruaru, no Agreste, em Palmares, Catende, Maraial e São Benedito do Sul, na Zona da Mata.

As investigações começaram em junho de 2019 e nesta terça estão sendo cumpridos 13 mandados de prisão e 15 de busca e apreensão domiciliar, expedidos pela Comarca Criminal de Palmares.

Participam da operação 110 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães. Há ainda a participação de 16 equipes do Batalhão Especializado de Policiamento no Interior (Bepi), da Polícia Militar.

A operação é coordenada pela Diretoria do Interior 1 (Dinter 1), supervisionada pela Chefia de Polícia. As investigações foram assessoradas pela Diretoria de Inteligência da Polícia Civil (Dintel) e pelo LAB-LD.

Primeira fase

A primeira fase da operação Maquinista foi deflagrada no dia 3 de junho, e tinha como alvo suspeitos de tráfico de drogas, crimes contra a economia popular, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Foram cumpridos seis mandados de prisão e 10 de busca e apreensão domiciliar, em Catende, Caruaru, Abreu e Lima e Jaboatão dos Guararapes.