Chuvas

Barragem de Sairé transborda e gera apreensão em cidades da região

Fortes chuvas deixaram ruas das cidades alagadas; nível do Rio Sirinhaém pode subir ainda mais

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 15/06/2020 às 17:02
NOTÍCIA
Divulgação/Prefeitura de Sairé
FOTO: Divulgação/Prefeitura de Sairé
Leitura:

Uma barragem verteu em Sairé, no Agreste de Pernambuco, após as fortes chuvas da madrugada desta segunda-feira (15). O fato gera apreensão nos municípios vizinhos, devido ao já alto volume do Rio Sirinhaém.

De acordo com o secretário-executivo da Defesa Civil de Pernambuco, Coronel Lamartine, trata-se de uma barragem privada. Segundo ele, a água segue pela bacia do Rio Sirinhaém e por isto deixa em alerta os moradores de áreas ribeirinhas de Barra de Guabiraba, Cortês, Ribeirão e Gameleira.

"Essa barragem se encontra em vertimento, é o processo em que a água acumulada passa por cima do paredão, tem provocado uma erosão no paredão, mas não consta a informação de ruptura. Depois dela tem outras barragens de porte menor que estão sendo afetadas por essa água", explicou.

Apesar da informação do secretário, o prefeito de Sairé, Fernando Pergentino, afirma que a barragem, que tem 20 anos de construção, não aguentou a vazão de água e rompeu. Ele conta ainda que os municípios vizinhos foram avisados.

O coordenador da Defesa Civil de Barra de Guabiraba, Nazareno Maranhão, afirmou em entrevista à Rádio Jornal que apesar de a barragem não ser de grande porte, o órgão está em alerta. "O rio já subiu uns cinco metros de água, tem água nas ruas e a gente está esperando um volume de água maior [por causa da barragem]", contou.

De acordo com Maranhão, pessoas que moram nas áreas ribeirinhas já foram removidas para casas de familiares. Equipes da ação social estão fazendo um levantamento das famílias e as escolas municipais foram disponibilizadas para acolher os moradores.

Ainda segundo o coordenador da Defesa Civil de Barra de Guabiraba, uma equipe da Coordenadoria de Defesa Civil deverá se deslocar ao município para dar apoio nas ações. O Corpo de Bombeiros também está em alerta.

Mais Lidas