Política

'A verdade prevalecerá', diz Flávio Bolsonaro após prisão de ex-assessor Fabrício Queiroz

Fabrício Queiroz foi preso nessa quinta-feira em São Paulo

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 18/06/2020 às 12:50
NOTÍCIA
Reproduz/ Facebook
FOTO: Reproduz/ Facebook
Leitura:

O senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) fez um publicação em seu Twitter a respeito da prisão do seu ex-assessor Fabrício Queiroz, na manhã desta quinta-feira (18). Queiroz foi preso pela Polícia Civil de São Paulo em Atibaia.

"Encaro com tranquilidade os acontecimentos de hoje. A verdade prevalecerá!", escreveu o senador no Twitter. Queiroz e Flávio são suspeitos de envolvimento em um esquema de "rachadinha".

"Mais uma peça foi movimentada no tabuleiro para atacar Bolsonaro. Em 16 anos como deputado no Rio nunca houve uma vírgula contra mim.Bastou o Presidente Bolsonaro se eleger para mudar tudo!", completou Flávio.

 

Além da prisão de Fabrício Queiroz, os policiais realizaram uma busca e apreensão expedidos pela Justiça do Rio de Janeiro, que faz parte da investigação do esquema de rachadinha na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

Fabrício Queiroz é investigado por movimentar R$ 1,2 milhão em sua conta de modo considerado "atípico", de acordo com o relatório do antigo Conselho de Atividades Financeiras (Coaf). O relatório integrou a investigação da Operação Furna da Onça, desdobramento da Lava Jato no Rio de Janeiro, que prendeu deputados estaduais no início de novembro de 2019.

Suspeitas

Flávio Bolsonaro se tornou suspeito depois que o Relatório de Inteligência Financeira (RIF) apontou que Queiroz recebia depósitos regulares de colegas de gabinete. De acordo com os promotores, esse seria o indício de "rachadinha".

*Com informações do JC e Agência Brasil

Mais Lidas