Decreto

Municípios poderão decidir data de abertura de praias e parques em Pernambuco

Governador assina decreto nesta sexta-feira (19)

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 19/06/2020 às 10:32
NOTÍCIA
Brenda Alcântara/ JC Imagem
FOTO: Brenda Alcântara/ JC Imagem
Leitura:

A regulamentação do acesso a praias, parques e calçadões ficará a cargo dos municípios, de acordo com decreto assinado nesta sexta-feira (19) pelo governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB). Apesar disto, no que se refere às praias, o documento vale apenas para as cidades localizadas na Região Metropolitana do Recife (RMR).

Nas cidades do litoral Sul e Norte, o acesso às praias segue proibido, já que segundo o governo não há estabilização dos números da covid-19. A determinação começa a valer neste sábado (20).

De acordo com o Governo de Pernambuco, a Secretaria de Turismo e Lazer definiu junto às prefeituras da RMR protocolos para a volta das atividades nas praias de forma gradual.

"Essa decisão leva em consideração as peculiaridades apresentadas por esses equipamentos públicos, que são tão importantes para a população, para a cadeia do Turismo e para diversas atividades das economias locais", destaca o secretário de Turismo e Lazer, Rodrigo Novaes.

Plano de Convivência com a Covid-19

O plano posto em prática pelo Governo do Estado tem como base a estabilização dos dados da pandemia do novo coronavírus. Em 99 cidades de Pernambuco o comércio foi reaberto. Na próxima segunda, está prevista a reabertura dos shoppings, igrejas, templos, entre outros. A reabertura de bares e restaurantes, que estava prevista para 13 de julho, foi antecipada para 6 de julho.

Porém, 85 municípios do Agreste e Zona da Mata não avançaram para as próximas etapas por apresentarem demanda crescente por leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e instabilidade na curva de casos e óbitos provocados pela covid-19.

Mais Lidas