Educação

Aulas presenciais continuarão suspensas até 31 de julho em Pernambuco

Decreto que expirou nessa terça foi renovado por mais 31 dias

Marília Pessoa
Marília Pessoa
Publicado em 01/07/2020 às 9:19
NOTÍCIA
Divulgação/SEIC
FOTO: Divulgação/SEIC
Leitura:

As aulas presenciais em escolas, faculdades e universidades públicas e privadas do estado de Pernambuco estão suspensas até o dia 31 de julho por conta da pandemia do coronavírus. O decreto estadual expirou nessa terça-feira (30), mas foi renovado.

Em nota, o governo informou: "O Governo de Pernambuco prorroga a suspensão das atividades presenciais nas instituições de ensino em todo o Estado até o dia 31 de julho. A Secretaria de Educação e Esportes está trabalhando na elaboração de um plano para retomada das atividades presenciais que inclui um protocolo com diretrizes específicas para a Educação, observando todas recomendações pedagógicas e sanitárias".

O plano de retomada da educação ainda não foi divulgado. O retorno será em etapas, de maneira gradual e depende dos números de casos do coronavírus no estado.

"O governo de Pernambuco está prorrogando hoje [nessa terça] o decreto que suspende as aulas presenciais até 31 de julho. A Secretaria de Educação vem discutindo há mais de 40 dias um protocolo para educação. Esse protocolo será informado ao longo do mês", explica o secretário estadual de Planejamento, Alexandre Rebelo.

Coronavírus em Pernambuco

Mais Lidas