menu

Hospitais de campanha são inaugurados em Petrolina e Serra Talhada

Governador Paulo Câmara também inaugurou primeira etapa do Hospital Eduardo Campos

Governador de Pernambuco, Paulo Câmara, em visita a Petrolina
Governador de Pernambuco, Paulo Câmara, em visita a Petrolina (Brena Souza/Rádio Jornal Petrolina)

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), inaugurou na manhã deste sábado (25) o Hospital de Campanha de Petrolina, no Sertão, montado no terreno do Hospital Universitário da Universidade Federal do Vale do São Francisco (HU-Univasf).

De início, 20 vagas serão abertas, até chegar à capacidade máxima de 100 leitos, sendo cinco de estabilização, com respiradores. No total, 175 profissionais irão atuar no atendimento à população. O investimento total da estrutura foi de R$ 1,5 milhão. O hospital de campanha será gerido pelo Instituto Social das Medianeiras da Paz.

Petrolina passa a contar, na rede estadual, com 70 leitos para a covid-19, sendo 30 de UTI e 40 de enfermaria, nos hospitais Dom Malan, Neurocárdio e Unidade Pernambucana de Atenção Especializada (UPAE).

Serra Talhada

Em seguida, o governador seguiu para Serra Talhada, onde inaugurou a primeira etapa do Hospital Eduardo Campos (HEC). A unidade de saúde começa a atuar com uma ala exclusiva para pacientes com a covid-19. No terreno da unidade, foi instalado ainda um hospital de campanha, com investimento de R$ 1,3 milhão.

Os leitos também serão implantados de forma gradativa no hospital de campanha de Serra Talhada. No primeiro momento, serão 20 leitos de enfermaria (dois de estabilização com respiradores). Depois, a unidade chegará a 100 leitos de enfermaria.

O Hospital Eduardo Campos começa a atuar com 10 vagas de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Nos próximos dias, a primeira etapa atuará com 58 leitos, sendo 30 de UTI. Ambos os serviços serão geridos pelo Hospital do Tricentenário. Mais de 400 profissionais irão atuar nos equipamentos.

Próximas etapas do HEC

O HEC já recebeu investimentos de R$ 32 milhões em obras. Com a inauguração das próximas etapas, o investimento total deve chegar a R$ 47 milhões. A inauguração da segunda etapa está prevista para o fim deste ano. A unidade terá 14 leitos de internação, emergência geral (com 39 leitos), ambulatório, além de outras estruturas administrativas e operacionais.

A terceira etapa das obras deve ser entregue no próximo ano. Quando estiver em plena capacidade, o hospital contará com 200 leitos, sendo 140 de internação. Cerca de 842 mil habitantes de 35 municípios do Sertão serão atendidos pela unidade de saúde. O hospital terá 10 mil metros quadrados de área construída.

Serra Talhada conta ainda com o Hospital Professor Agamenon Magalhães (Hospam), que totaliza 18 leitos na unidade respiratória, sendo 10 de UTI e oito de enfermaria.