Serviços

Obras de requalificação no centro de Caruaru devem terminar até o fim de agosto

Serviços deveriam ter terminado em abril deste ano

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 04/08/2020 às 16:07
NOTÍCIA
Reprodução/TV Jornal Interior
FOTO: Reprodução/TV Jornal Interior
Leitura:

As obras de requalificação do centro de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, começaram em 2019 e estavam previstas para encerrar em abril de 2020. Porém, os serviços atrasaram, o que deixa comerciantes e clientes insatisfeitos. A nova previsão é de que o trabalho seja concluído até o fim de agosto.

A primeira etapa encerrou em setembro de 2019 e incluiu drenagem, recapeamento asfáltico, construção de pontos de ônibus, entre outros. A segunda etapa começou no início deste ano e envolve as calçadas, paisagismo, arborização e iluminação.

Os lojistas do centro acreditam que a realização dos serviços atrapalha o fluxo de clientes. "É lamentável para nós, comerciantes, e também para os consumidores que vêm para o centro da cidade. Uma obra de pequeno porte como essa passar mais de um ano para ser concluída", lamentou o vice-presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Márcio Porto.

Também é motivo de discussões a retirada das vagas de estacionamento da Rua 15 de Novembro, vista como ponto negativo para os comerciantes. "Caruaru perdeu no centro da cidade aproximadamente 130 vagas de estacionamento, isso é ruim para o lojista, para os clientes, e infelizmente agora é aguardar para que a obra seja concluída, passamos 100 dias de lojas fechadas, a prefeitura poderia ter acelerado essa obra e ter concluído", disse Porto.

O aposentado José Luiz passa pelo centro frequentemente e faz a própria avaliação: "Já está demorando demais, tudo isso já era para estar liberado. Está bonito, agora só falta organização para terminar tudo, deixar tudo em dia". Como ainda não há cadeiras para descansar enquanto aguarda o ônibus, a dona de casa Inácia Matias usou uma pilha de pedras do piso intertravado para se sentar. "[Se estivesse pronto] seria maravilhoso, mas acho que a prefeita está trabalhando para isso. Devagarzinho vai ficando legal", comentou.

Pandemia atrasou obra

A prefeitura alega que a pandemia do novo coronavírus atrapalhou os processos da obra. "Houve uma diminuição da quantidade de funcionários por conta do distanciamento, houve uma diminuição na compra de materiais, tanto nas obras públicas quanto privadas, isso vale para a obra do centro", justificou o secretário de Obras de Caruaru, Rodrigo Miranda, em entrevista ao programa "Povo na TV", no mês de julho.

Espaços como a Rua São Sebastião, o Beco da Integração e o beco que fica ao lado do Museu Memorial estão praticamente prontos. Os trabalhos demoram mais a encerrar na Rua 15 de Novembro, onde ainda é necessário finalizar as calçadas, os pisos dos pontos de ônibus, entre outros.

Mais Lidas