menu

Feiras do Polo de Confecções do Agreste voltam nesta segunda

Governo estadual publicará um novo decreto autorizando a reabertura das feiras

Grande movimentação na feira da Sulanca
Grande movimentação na feira da Sulanca mesmo antes da liberação das feiras (Renata Araújo/TV Jornal Interior)

As feiras do Polo de Confecções do Agreste voltarão a funcionar nesta segunda-feira (10). A medida é para Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe, Toritama e cidades vizinhas. O anúncio foi feito nessa quinta-feira (6). De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, Bruno Schwambach, o governo publicará um novo decreto autorizando a reabertura das feiras.

Ele disse que o assunto foi combinado com os gestores municipais, e que eles devem "estabelecer os protocolos, sempre obedecendo os três eixos de distanciamento social, higiene e comunicação e monitoramento, para que a gente volte a dar oportunidade a uma região tão importante para o Estado de Pernambuco".

As feiras já estavam ocorrendo mesmo antes da liberação em Caruaru e Santa Cruz do Capibaribe. Muitas pessoas estavam comercializando nos entornos do Parque 18 de Maio e do Moda Center Santa Cruz.

A 2ª Macrorregião de Saúde, que compreende o Agreste, não avançará para a sétima etapa do plano de reabertura econômica, apesar das feiras liberadas. As cidades das áreas de Caruaru e Garanhuns continuam na sexta etapa.

Outras regiões

A 1ª Macrorregião de Saúde, que inclui a Região Metropolitana do Recife (RMR), Zona da Mata e algumas cidades do Agreste Setentrional avançam para a sétima etapa, que prevê a ampliação do horário de bares e restaurantes, que poderão funcionar das 6h às 22h, e dos centros comerciais e shoppings, que também poderão funcionar até 22h.

A 3ª Macrorregião, que têm como cidades polo Arcoverde, Afogados da Ingazeira e Serra Talhada avança para a etapa 6, com a autorização de reabrir bares e restaurantes e academias.

Na 4ª Macrorregião, algumas cidades irão avançar no plano e outras não. As Gerências Regionais de Saúde 7 e 8, que têm como cidades sede Salgueiro e Petrolina, vão avançar para a etapa 5 do plano, com a liberação dos serviços de escritório (50% da capacidade) e 100% da capacidade do comércio de veículos e locadoras.

A 9ª Geres, que tem como cidade sede Ouricuri, ficará na quarta etapa do plano. Apesar disto, a própria Ouricuri e a cidade de Araripina passarão por uma quarentena rígida de 10 dias.