Alerta

Pernambuco registra dois casos de síndrome infantil rara associada ao coronavírus

OMS já havia alertado sobre a síndrome, que já possui outros casos informados no Brasil

Equipe NE10 Interior
Equipe NE10 Interior
Publicado em 07/08/2020 às 13:12
NOTÍCIA
Reprodução/YouTube
FOTO: Reprodução/YouTube
Leitura:

O estado de Pernambuco registra dois casos de síndrome inflamatória multissistêmica pediátrica em crianças que testaram positivo para a Covid-19.  As notificações incluem uma criança de 5 anos, residente de Joaquim Nabuco e outra de 12 anos, moradora de Sirinhaém, ambas na zona da mata. As duas crianças receberam atendimentos no começo de julho, tiveram confirmação de covid-19 pelo exame de RT-PCR (aquele que detecta a infecção ativa), já tiveram alta médica e não apresentaram sequelas da síndrome.

Entre os sintomas apresentados pelas crianças que tiveram coronavírus estão febre persistente acompanhada de um conjunto de manifestações, como pressão baixa, conjuntivite, manchas no corpo, diarreia, dor abdominal, náuseas, vômitos e comprometimento respiratório, entre outros sinais.

Nossos serviços pediátricos precisam estar atentos a possíveis quadros que atendam a definição de caso da síndrome, objetivando ofertar a assistência necessária para o paciente e realizar os esforços para sua confirmação. Por ser um novo achado e que ainda está sendo estudado, precisamos ser devidamente notificados para termos um panorama do perfil epidemiológico dos casos e, com isso, possamos implementar as medidas necessárias", afirmou o secretário Estadual de Saúde, André Longo, em coletiva de imprensa transmitida pela internet nesta quinta-feira (6).

Em Pernambuco, há outros relatos dessa condição, mas que ainda não foram notificados, pois somente na última semana o Ministério da Saúde implantou a notificação desses casos nos sistemas de monitoramento e mantém conversas com as secretarias de Saúde dos Estados e municípios para orientar o diagnóstico e atendimento de possíveis casos por profissionais de saúde através da identificação dos sinais e sintomas mais comuns. Portanto, por dados oficiais, até julho, quatro Estados registraram casos: 29 no Ceará, 22 no Rio de Janeiro, 18 no Pará e 2 no Piauí, além de três mortes no Rio de Janeiro.

OMS já tinha dado alerta

A Organização Mundial da Saúde (OMS) já havia emitido um alerta mundial aos pediatras relatando a identificação de uma nova condição clínica, possivelmente associada à covid-19, caracterizada pela síndrome inflamatória multissistêmica, com manifestações clínicas similares à síndrome de Kawasaki típica, Kawasaki incompleta e/ou síndrome do choque tóxico. 

Mais Lidas