menu

Prorrogação do auxílio emergencial pode se tornar lei

Pagamento do benefício foi estendido

Agências da Caixa Econômica abertas neste sábado para saque do auxílio emergencial
Prorrogação do auxílio emergencial pode se tornar lei (Jailton Júnior/TV Jornal)

A prorrogação do auxílio emergencial de R$ 600 enquanto durar o estado de calamidade pública pode se tornar lei. A ideia legislativa apresentada no Portal e-Cidadania com esse objetivo alcançou 68,8 mil apoios, uma quantidade que representa mais que o triplo da quantidade necessária para que seja analisada como sugestão pela Comissão de Direitos Humanos (CDH).

Se a comissão der o parecer favorável, a ideia será discutida como projeto de lei pelo Senado.

A ideia legislativa foi publicada no dia 29 de julho. Em dois dias já havia atingido a quantidade necessária de apoios para que seja analisada como sugestão legislativa.

> Como fazer o MEI? Saiba como se formalizar como microempreendedor individual

> Caixa faz mais pagamentos do auxílio emergencial nesta quarta-feira

*Informações da Agência Senado

Governo avalia estender auxílio até março com valor menor

O Governo Federal está estudando a possibilidade de prorrogar o auxílio emergencial até março do próximo ano. Porém, a parcela do benefício seria inferior a R$ 600, um valor entre R$ 200 e R$ 300. A medida está passando por resistência de integrantes do Ministério da Economia.

Bolsonaro diz que auxílio "não dá para continuar muito"

O presidente da República, Jair Bolsonaro, disse no dia 5 de agosto que o auxílio emergencial não será prorrogado por muito tempo. O benefício estava previsto para durar três meses e foi ampliado para duas parcelas extras.

"Não dá para continuar muito porque, por mês, custa R$ 50 bilhões [por mês]. A economia tem que funcionar, e alguns governadores teimam ainda em manter tudo fechado", declarou em conversa com apoiadores no Palácio da Alvorada.

Bolsonaro deve definir próximas parcelas do auxílio emergencial até esta sexta

O presidente Jair Bolsonaro deve definir as próximas parcelas do auxílio emergencial até esta sexta-feira (21). O benefício atualmente é pago em parcelas de R$ 600, mas a equipe econômica avalia pagar novas parcelas com valores menores.