menu

Brasil tem saldo positivo de 168.492 empresas abertas em julho

Pernambuco foi o terceiro estado com maior crescimento na abertura de novos negócios

Varejo contraria expectativa e cai em fevereiro
Pernambuco foi um dos estados que teve maior crescimento na abertura de empresas (Bobby Fabisak/ JC Imagem)

A ferramenta online Mapa de Empresas, disponibilizada pelo Ministério da Economia, registrou saldo positivo de 168.492 empresas abertas no Brasil no mês de julho de 2020. Segundo os números, 250.308 empresas foram abertas, enquanto 81.816 negócios foram fechados. O total de empreendimentos ativos no mês passado no País foi de 18.990.039.

Os estados que registraram maiores crescimentos na abertura de novas empresas foram Alagoas (+19,82%), Rio Grande do Norte (+12,51%) e Pernambuco (+11,72%). Por outro lado, o Amapá registrou o maior aumento no número de empresas fechadas na comparação com o mês de junho: + 34,07%.

Como fazer o MEI? Saiba como se formalizar como microempreendedor individual

Das atividades abertas em julho no Brasil, destacam-se a preparação de documentos e serviços especializados de apoio administrativo (+7,52%) e o comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios (+1,61%).

Já dentre o crescimento do fechamento de atividades se destacam o comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de produtos alimentícios – minimercados, mercearias e armazéns (+11,81%) e lanchonetes, casas de chá, de sucos e similares (+7,08%).

Tempo para abrir empresa

De acordo com o Mapa de Empresas, o empreendedor levou uma média de três dias para abrir uma empresa no País em julho. O número representa queda de 5,56% na comparação com o mês anterior, quando o tempo registrado foi de 3 dias e 4 horas.

O Distrito Federal é a unidade da federação em que se passa menos tempo para abrir uma empresa; são apenas 23 horas para iniciar um novo negócio. Mesmo com tempo médio de abertura reduzido em 31,98% em julho, a Bahia ainda é o estado em que se leva mais tempo para abrir uma empresa no país: 8 dias e 20 horas.

Mapa de Empresas

Disponibilizado pelo Governo Federal, o Mapa de Empresas contém informações mensais sobre o procedimento de registro de empresas, como o tempo médio para a abertura e o número de empreendimentos abertos e fechados, com detalhes sobre a localização e as atividades desenvolvidas. Os painéis são atualizados de maneira mensal, desde janeiro deste ano.

A cada quadrimestre, o Ministério da Economia lança o Boletim do Mapa de Empresas, uma publicação detalhada com dados e informações relevantes sobre o ambiente de negócios e a descrição de ações voltadas a impactar positivamente o cenário econômico. O governo informou que o próximo boletim quadrimestral será divulgado em setembro, referente aos meses de maio, junho, julho e agosto.