menu

1ª morte de criança com síndrome rara associada à covid-19 é confirmada em PE

Informação foi confirmada pelo secretário estadual de Saúde

André Longo apresentou a atualização do cenário do coronavírus no Estado
André Longo falou sobre o coronavírus durante coletiva (YACY RIBEIRO/JC IMAGEM)

secretário estadual de Saúde, André Longo, confirmou na tarde dessa terça-feira (25) a primeira morte de criança com síndrome inflamatória multissistêmica pediátrica e que teve diagnóstico positivo para o covid-19.

De acordo com o secretário, o menino que faleceu tinha 11 anos e morava no Recife. Febre persistente acompanhada de manifestações como pressão baixa, conjuntivite, manchas no corpo, diarreia, dor abdominal, náuseas, vômitos e comprometimento respiratório são alguns dos sintomas da síndrome.

André Longo também disse que há nove casos notificados no estado. Estão incluídos a morte, sete crianças que receberam alta e uma que está internada em um leito de enfermaria.

A pneumopediatra e professora da Universidade de Pernambuco (UPE) Rita Moraes de Brito já fez o atendimento de crianças com a síndrome no Hospital da Restauração. "Não se trata de uma unidade referência para acompanhar quadros respiratórios, mas é um serviço que é referência em cirurgia abdominal. Como esses pacientes chegavam com um dor forte no abdome, que faz suspeitar de apendicite, os quadros chamaram a minha atenção no HR. Ao ver uma das crianças, percebi que não se tratava de apendicite, pois ela tinha outros sintomas sugestivos de covid-19", explicou.

Coronavírus em Pernambuco

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nessa terça-feira (25), 601 novos casos da Covid-19 em Pernambuco. Agora, o estado totaliza 119.958 casos já confirmados, sendo 25.242 graves e 94.716 leves.

Além disso, o boletim registra, ao todo, 101.354 pessoas recuperadas da doença. Destas, 14.470 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 86.884 eram casos leves.

Os casos graves confirmados da doença estão distribuídos por 183 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha e da  ocorrência de pacientes e outros Estados e países.

Também foram confirmados laboratorialmente 26 óbitos (sendo 14 do sexo feminino e 12 do sexo masculino). Os novos óbitos confirmados são de pessoas dos municípios de Bom Jardim (1), Caruaru (1), Flores (1), Garanhuns (1), Jaboatão dos Guararapes (4), Moreno (1), Olinda (5), Pedra (1), Recife (3), Santa Cruz do Capibaribe (2), São José do Egito (1), São Vicente Férrer (1), Serra Talhada (2), Taquaritinga do Norte (1) e Xexéu (1). Com isso, Pernambuco totaliza 7.425 mortes pela doença.