Reação

Indústria brasileira reage pelo terceiro mês consecutivo

Em julho, setor alcançou índices semelhantes ao período anterior à crise da covid-19

Pedro Augusto
Pedro Augusto
Publicado em 08/09/2020 às 16:41
NOTÍCIA
Amanda Oliveira/GovBA
FOTO: Amanda Oliveira/GovBA
Leitura:

A indústria brasileira segue em alta, após sofrer a pior queda da história do país, em decorrência da pandemia do novo coronavírus. No último mês de julho, ou seja, pelo terceiro mês seguido, o setor acabou alcançando índices semelhantes ao período anterior à crise da covid-19.

De acordo com os dados da Confederação Nacional da Indústria (CNI), que foram divulgados nesta terça-feira (08), o faturamento do setor cresceu 7,4% no mês de julho em comparação com junho, bem como acumula alta de 34,5% no último trimestre, valor 1,7% menor do que o registrado em fevereiro, o último mês antes do impacto da pandemia na economia nacional.

Comparação

Em contrapartida, no acumulado de janeiro a julho de 2020, o índice foi 5% menor comparado com o mesmo período do ano passado. Com recuo histórico de 12,3%, o setor da indústria foi o mais impactado pela queda de 9,7% do Produto Interno Bruto (PIB), no segundo trimestre.

 

Mais Lidas