menu

PF faz operação para deter quadrilhas de tráfico de drogas em Pernambuco e outros estados

Polícia apreendeu diversos materiais durante a ação

Polícia Federal faz operação em vários estados
Polícia Federal faz operação em vários estados (Divulgação/Polícia Federal da Paraíba)

A Polícia Federal na Paraíba deflagrou na manhã desta quarta-feira (9) a operação denominada "Aratu" para deter quadrilhas suspeitas de tráfico de drogas em vários estados, inclusive em Pernambuco.

De acordo com a PF, estão sendo cumpridos 34 mandados de busca e apreensão e 18 mandados de prisão na Paraíba, Pernambuco, Bahia, Paraná, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal.

Os suspeitos estão sendo investigados há dois anos. A Polícia Federal apreendeu diversos carregamentos de drogas e armas de fogo de grosso calibre. Além disso, a polícia conseguiu informações que ajudaram na investigação de homicídios e sequestros.
Os suspeitos foram indiciados por tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas e posse ou porte de arma de fogo de uso restrito.

Mandado de prisão cumprido em Pernambuco

A operação Aratu cumpriu um mandado de prisão preventiva em Orocó, no Sertão pernambucano, no dia 21 de agosto. Foi preso um comerciante de 35 anos, e com ele foram apreendidos um fuzil Colt .55, 300 munições do mesmo calibre do fuzil, três rádios comunicadores, um colete balístico, munição .40.

O agricultor disse para a polícia que trabalha comprando e vendendo frutas e que comprou o fuzil e um colete balístico para se proteger por estar recebendo ameaças de morte. Ele também informou que os rádios eram usados em sua fazenda e que era usuário de maconha e armazenava a droga.

O suspeito foi autuado por tráfico, porte de arma de fogo de uso restrito e contrabando. Ele foi enviado para a audiência de custódia onde teve sua prisão preventiva confirmada e encaminhado para a Cadeia Pública de Salgueiro.