Região Norte

Funcionário da Funai é morto com flechada no peito ao tentar se aproximar de índios

Caso aconteceu em floresta em Rondônia

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 10/09/2020 às 16:42
NOTÍCIA
Arquivo pessoal
FOTO: Arquivo pessoal
Leitura:

Um funcionário da Fundação Nacional do Índio (Funai) foi morto por uma flechada no peito nessa quarta-feira (9). Ele estava em Seringueiras (RO) a trabalho.

Rieli Franciscato, 56 anos, tentava se aproximar de um grupo indígena que ele pretendia proteger em uma floresta próxima à reserva Uru Eu Wau Wau, em Rondônia, perto da fronteira com a Bolívia.

O funcionário, que também era índio, era especialista em povos isolados da Amazônia. Ele atuava buscando a criação de reservas para proteger os povos isolados do contato com o restante da sociedade.

Confundido com inimigo

Um policial que acompanhava a ação relatou que Franciscato gritou, arrancou a flecha do peito, correu por cerca de 50 metros e caiu. Ele não resistiu. A suspeita é de que o grupo indígena o confundiu como um inimigo do mundo exterior.

O grupo de índios é conhecido como "isolados do Cautário", devido a um rio na região. Eles são monitorados desde os anos 90.

*Com informações da Reuters

Mais Lidas