Projeto de Lei

Michelle defende sanção para punição maior a maus tratos aos animais e Bolsonaro sugere enquete

Texto aumenta pena de três meses a um ano para de dois a cinco anos

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 11/09/2020 às 11:52
NOTÍCIA
Marcello Casal Jr./ABr
FOTO: Marcello Casal Jr./ABr
Leitura:

O presidente Jair Bolsonaro sugeriu uma "enquete" após a primeira dama Michelle Bolsonaro pedir a sanção do projeto de lei que amplia a punição a maus-tratos para os animais. O texto aumenta a pena de três meses a um ano para de dois a cinco anos.

Michelle Bolsonaro postou uma foto no Instagram nessa quarta-feira (9) em que Bolsonaro está com um dos cachorros que ela adotou e cobra a sanção do projeto.

Durante uma live nessa quinta-feira (10), Bolsonaro perguntou sobre a punição para os maus-tratos durante uma live com a youtuber Esther Castilho. "Dá para você entender o que são dois anos de cadeia? Dá para você entender uma pessoa ficar dois anos atrás das grades porque uma pessoa maltratou um cachorro? Lógico que temos pena do cachorro, ficamos tristes, a pessoa tem que ter uma punição, mas dois anos... Dois a cinco anos? [...] Três anos de cadeia, em média, é pouco ou muito para quem maltrata um cachorro?", perguntou ele à youtuber.

Consulta no Facebook

Na ocasião, o presidente decidiu abrir uma consulta na página dele no Facebook para que os internautas opinem sobre o assunto: "O que eu pretendo fazer? Vou colocar no meu Facebook o texto da lei para o pessoal fazer comentários. Só deixo avisado, quem for para a baixaria é banimento, não tem papo. Pode reclamar, a pena é excessiva, é pequena, é grande, tem que sancionar, tem que vetar... Porque não é fácil tomar uma decisão como essa daí".

Mais Lidas