Reajuste

Gasolina sofre aumento de 4% nas refinarias do país

O aumento foi divulgado, nesta terça-feira (22), pela Petrobras

Pedro Augusto
Pedro Augusto
Publicado em 22/09/2020 às 15:49
NOTÍCIA
Pixabay
FOTO: Pixabay
Leitura:

Os preços médios da gasolina nas refinarias brasileiras voltaram a sofrer reajuste após uma sequência de três quedas em relação aos valores do produto. O aumento foi divulgado, nesta terça-feira (22), pela Petrobras. A partir desta quarta-feira (23), os preços estarão 4% mais caros.

Em contrapartida, os valores do combustível permanecerão 13,4% abaixo das máximas estipuladas para 2020, registradas logo no começo do ano quando o combustível era vendido nas refinarias da Petrobras a R$ 1,9173 por litro, de acordo com dados levantados pela Agência Reuters.

A Petrobras defende que sua política de preços tem como base a paridade de importação e, portanto, leva em conta fatores como as cotações do petróleo no mercado internacional e o câmbio.

Diesel

Gasolina sofre aumento, mas diferentemente o diesel, combustível mais utilizado do Brasil, não terá alterações. Nos reajustes anteriores, a Petrobras também havia poupado o derivado de petróleo de mudanças nos preços.

Mais Lidas