Economia

Taxa de desocupação aumenta pelo quarto mês em Pernambuco

No último mês de agosto, o índice correspondeu a 15,3%, contra 13,5% em julho, 12,6% em junho e 10,5% em maio

Pedro Augusto
Pedro Augusto
Publicado em 23/09/2020 às 10:06
NOTÍCIA
Wilson Dias/Agência Brasil
FOTO: Wilson Dias/Agência Brasil
Leitura:

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) divulgou, neste início de semana, um dado alarmante em relação à desocupação de pessoas em Pernambuco. Pelo quarto mês consecutivo, a taxa de inatividade sofreu aumento no Estado. No último mês de agosto, o índice correspondeu a 15,3%, contra 13,5% em julho, 12,6% em junho e 10,5% em maio.

Segundo a pesquisa, no que diz respeito ainda à taxa de desocupação, no último mês, 574 mil pessoas se encontravam desempregadas e buscaram por emprego, mas não encontraram no mês passado, uma variação de 50,2% em relação a maio, primeiro mês da pesquisa, quando 382 mil pessoas estavam nessa situação.

Em contrapartida, o quantitativo de pessoas ocupadas em PE diminuiu a queda no mês passado. De acordo com o levantamento do PNAD, no último mês de julho eram 3 milhões e 153 mil e, em agosto, esse volume passou para 3 milhões e 177 mil, um acréscimo de 24 mil trabalhadores.

Informalidade

O levantamento mostrou também que a taxa de informalidade em Pernambuco aumentou um ponto percentual entre julho e agosto, saindo de 40,7% para 41,7% da força de trabalho ocupada chegando a 1 milhão e 326 mil trabalhadores, 42 mil a mais do que no mês anterior.

Mais Lidas