Campanha

Cliente Caixa endividado pode aderir à "Você no Azul 2020"

O público alvo é composto por clientes que estejam com dívidas vencidas no montante entre R$ 50 e R$ 5 milhões

Pedro Augusto
Pedro Augusto
Publicado em 05/10/2020 às 11:51
NOTÍCIA
Divulgação/Caixa Econômica Federal
FOTO: Divulgação/Caixa Econômica Federal
Leitura:

A campanha Você no Azul 2020 da Caixa Econômica Federal atingiu, no último dia 30, R$ 560
milhões em quitação de dívidas em atraso de contratos comerciais. Desde o lançamento da ação, foram regularizados um total de 94,1 mil contratos de mais de 70,1 mil clientes. Em Pernambuco, já foram quitados mais de 2,6 mil contratos num total de R$ 15 milhões de dívidas regularizadas.

Com duração até 31 de dezembro deste ano, a Você no Azul 2020 abrange 3 milhões de pessoas físicas e 379 mil empresas, sendo que mais da metade dos clientes possuem dívidas de até R$ 3 mil. O estoque total das dívidas elegíveis aos descontos da Você no Azul é de R$ 30,8 bilhões. O público alvo é composto por clientes que estejam com dívidas vencidas no montante entre R$ 50 e R$ 5 milhões.

As condições variam conforme a modalidade de crédito contratada e o período de atraso. Os descontos para quitação podem chegar até a 90% do valor da dívida. Aqueles que regularizarem seus contratos contam com o benefício da
retirada do nome dos cadastros restritivos externos.

Canais de atendimento

O cliente Caixa endividado pode quitar a dívida não sem precisar sair de casa. A Caixa coloca à disposição de seus clientes diversos canais remotos. O cliente pode regularizar seu contrato pelo WhatsApp através do número: 0800 726 0104, opção 3; pelo telefone: 0800 726 8068, opção 8, ou pelo site

Além disso, uma novidade da campanha é que os clientes também encontram os benefícios da campanha Você no Azul nas unidades lotéricas para valores  de até R$ 2 mil. Basta informar o CPF para pagar a dívida.

Quem preferir, pode solicitar atendimento pelas redes sociais do banco. As condições estão disponíveis também pelo Twitter (twitter.com/caixa) e pelo Messenger do Facebook (facebook.com/caixa).


 

Mais Lidas