Eleições 2020

Tire as dúvidas de como funcionam as candidaturas coletivas

Três partidos dispõem de candidaturas coletivas na disputa por vagas na Câmara de Vereadores de Caruaru

Pedro Augusto
Pedro Augusto
Publicado em 05/10/2020 às 15:31
NOTÍCIA
Reprodução/NE10 Interior
FOTO: Reprodução/NE10 Interior
Leitura:

Nas Eleições Municipais 2020, três partidos dispõem de candidaturas coletivas na disputa por vagas na Câmara de Vereadores de Caruaru: MDB, PSB e PSD. Vale ressaltar que, embora, transmita a imagem de que várias pessoas se encontram concorrendo em conjunto ao cargo legislativo, na prática, ao optar por este tipo de candidatura, na urna, o eleitor estará votando apenas em um candidato.

Em entrevista a TV Jornal Interior, o analista político Fernando Andrade deu mais detalhes sobre como funciona as candidaturas coletivas.

“É preciso informar que não existe mandato coletivo, nem candidatura coletiva. Em relação às chamadas candidaturas coletivas, o que ocorre na prática é que grupos de pessoas se unem em torno de uma proposta de campanha, seja voltada para Saúde, Educação, Esporte e se apresentam para a população como um coletivo, porém apenas um integrante dos mesmos é registrado para concorrer à eleição”.

Ainda na entrevista, o especialista ressaltou o exercício do mandato, em caso de vitória nas urnas, de apenas um representante da candidatura coletiva. "Só quem formalizar sua candidatura será eleito de forma individual e poderá exercer sua função politica na Câmara. Ou seja, na prática, o mandato será exercido por apenas uma pessoa e não pelo coletivo. O eleito é quem receberá salário, terá as imunidades e terá o mandato”, acrescentou Fernando Andrade.

NE

Em relação ao âmbito nacional, atualmente, o Nordeste é o terceiro no comparativo com as demais regiões do país com o maior quantitativo de candidaturas coletivas nas Eleições 2020.

Veja Vídeo

Mais Lidas