Economia

Salário mínimo de setembro deveria ter sido de R$ 4.892,75, diz Dieese

Valor seria o ideal para garantir o sustento de uma família com quatro pessoas

NE 10 Interior
NE 10 Interior
Publicado em 09/10/2020 às 10:49
NOTÍCIA
Marcello Casal Jr./Agência Brasil
FOTO: Marcello Casal Jr./Agência Brasil
Leitura:

De acordo com levantamento do Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos), no último mês de setembro, para garantir o sustento de uma família com quatro pessoas, o salário mínimo ofertado no Brasil teria de corresponder a R$ 4.892, 75, ou seja, quatro vezes maior em comparação com o valor do mínimo atual: R$ 1.045,00.

Para chegar ao valor divulgado, ou seja, salário mínimo de setembro deveria ter sido de R$ 4.892,75, o Dieese analisa as necessidades básicas do trabalhador e da sua respectiva família, a exemplo de gastos com alimentação, moradia, aluguel, higiene, transporte, previdência Social, educação e lazer.

Alimentos básicos

Durante o levantamento, o Dieese também apurou que, o trabalhador brasileiro comprometeu no mesmo mês, cerca e 48,85% do salário mínimo líquido, ou seja, após o desconto previdenciário, na compra de alimentos básicos para um adulto.

Mais Lidas