Saúde

Vacinação antirrábica 2020 ocorrerá de forma diferente em Pernambuco

A campanha ocorre neste mês de outubro e a meta da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) é imunizar 700 mil animais

Equipe NE 10 Interior
Equipe NE 10 Interior
Publicado em 10/10/2020 às 8:45
NOTÍCIA
Pixabay
FOTO: Pixabay
Leitura:

Com o objetivo de evitar aglomeração devido à pandemia do novo coronavírus, neste ano, a Campanha Nacional de Vacinação Antirrábica Canina e Felina de 2020 ocorrerá de casa em casa, de acordo com a ocorrência, ou não, de casos de raiva animal registrados anteriormente nas localidades.

A campanha ocorre neste mês de outubro e a meta da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) é imunizar 700 mil animais. Para isso, as cidades de Pernambuco foram divididas em três grupos. No primeiro estão os municípios que têm incidência de raiva animal de qualquer tipo, nos últimos quatros anos.

No segundo grupo se encontram os municípios que fazem fronteira com locais onde ocorreram casos de raiva já no terceiro, municípios que não registraram ocorrência de raiva animal nos últimos 4 anos. 

“Para vacinação antirrábica 2020, estabelecemos que toda a área rural dos municípios pernambucanos é considerada prioridade para a vacinação antirrábica canina e felina, uma vez que a raiva tem maior incidência de casos em animais silvestres. Nas demais localidades consideradas área de risco, o tutor deve aguardar a visita dos agentes de saúde nas residências ”, afirmou ao JC, o coordenador estadual do Programa de Controle da Raiva da SES, Francisco Duarte.

Secretaria de Saúde

Os pernambucanos que não são contemplados com a vacinação casa a casa, devem procurar uma secretaria de saúde do seu município, no setor de zoonoses, para imunizar seu animal. O último caso da doença em humanos, transmitido por cão, foi no ano de 2006; e em 2017 por um gato.

Mais Lidas