Clima

Temperaturas devem chegar a quase 40°C no Sertão de Pernambuco nesta segunda

Céu é claro e sem chuva

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 19/10/2020 às 10:47
NOTÍCIA
Divulgação/Prefeitura de Petrolina
FOTO: Divulgação/Prefeitura de Petrolina
Leitura:

O Sertão de Pernambuco pode atingir a temperatura máxima de 38°C nesta segunda-feira (19), de acordo com a previsão do tempo da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac).

De acordo com a Apac, no Sertão pernambucano, a previsão é de céu claro sem chuva em toda a região ao longo do dia. A temperatura mínima pode chegar a 17°C e a umidade mínima do ar, a 25%, o que exige atenção dos moradores, uma vez que pode ocasionar problemas de saúde.

No Sertão do São Francisco, que envolve áreas de Pernambuco e da Bahia, o céu também é claro e não haverá chuva. A temperatura máxima é de 38°C e a mínima, de 20°C. A umidade mínima do ar pode chegar a 30%. Em ambas as regiões, os ventos devem ser fracos a moderados.

Umidade baixa

A Apac emitiu na semana passada um aviso de umidade baixa para o Sertão pernambucano e o Sertão do São Francisco. O aviso, válido até esta segunda-feira (19), informa que a presença de uma massa de ar seco sobre o estado faz com que a umidade relativa do ar fique baixa.

A umidade pode atingir valores abaixo de 20% nessa região, no período da tarde. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a baixa umidade do ar pode provocar complicações alérgicas e respiratórias devido ao ressecamento das mucosas; sangramento pelo nariz, ressecamento da pele; irritação dos olhos; eletricidade estática nas pessoas e em equipamentos eletrônicos e aumento do potencial de incêndios em pastagens e florestas.

Ainda de acordo com a OMS, é necessário tomar alguns cuidados quando a umidade está entre 20% e 30% (estado de atenção), como evitar exercícios físicos ao ar livre entre 11h e 15h; umidificar o ambiente através de vaporizadores, toalhas molhadas, recipientes com água, entre outros; sempre que possível permanecer em locais protegidos do sol, em áreas vegetadas; consumir água em abundância.

Mais Lidas