menu

Saiba quem pode receber alguma parcela do auxílio emergencial nesta terça

Benefício continua sendo pago pela Caixa Econômica Federal

Alguns usuários do Caixa Tem tiveram contas bloqueadas
Saiba quem pode receber alguma parcela do auxílio emergencial nesta terça (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Caixa Econômica Federal está pagando mais parcelas do auxílio emergencial nesta terça-feira (20). Os beneficiários do programa Bolsa Família com número NIS finalizado em 2 vão receber a parcela de R$ 300 do segundo pagamento da prorrogação. Os beneficiários inscritos pelo site ou aplicativo nascidos em outubro, do Ciclo 2 de pagamentos, agora têm saque e transferências do auxílio liberados. Este grupo recebeu a parcela de R$ 600 na poupança digital no dia 28 de setembro.

O presidente Jair Bolsonaro anunciou a prorrogação do auxílio no início de setembro. Serão mais quatro parcelas de R$ 300. De acordo com o Governo Federal, as mães solteiras, chefes de família monoparental, irão continuar recebendo o auxílio emergencial de forma dobrada na nova prorrogação do benefício.

> Saiba qual prazo você tem para sacar o auxílio emergencial

> Decreto define regras para pagamento de auxílio emergencial de R$ 300

> Qual o valor do auxílio emergencial para mãe solteira?

Apenas os trabalhadores que receberam a primeira parcela de R$ 600 do auxílio em abril, terão direito a todas as quatro parcelas da prorrogação. Quem recebeu a primeira parcela em maio terá direito a três parcelas da prorrogação, enquanto os que receberam em junho terão direito a apenas duas parcelas, e assim por diante.

Veja os calendários

Calendário de pagamentos - ciclo 3

Primeiro pagamento

Nascidos em janeiro: depósito em 30/09 e saque em 07/11
Nascidos em fevereiro: depósito em 05/10 e saque em 01/11
Nascidos em março: depósito em 07/10 e saque em 14/11
Nascidos em abril: depósito em 09/10 e saque em 21/11
Nascidos em maio: depósito em 11/10 e saque em 21/11
Nascidos em junho: depósito em 14/10 e saque em 24/11
Nascidos em julho: depósito em 16/10 e saque em 26/11
Nascidos em agosto: depósito em 21/10 e saque em 28/11
Nascidos em setembro: depósito em 25/10 e saque em 28/11
Nascidos em outubro: depósito em 28/10 e saque em 01/12
Nascidos em novembro: depósito em 29/10 e saque em 05/12
Nascidos em dezembro: depósito em 01/11 e saque em 05/12

Quem recebe:

- Inscritos via site ou app que receberam a primeira parcela do auxílio emergencial em maio, recebem a primeira parcela da prorrogação;

- Aprovados que fizeram a contestação entre os dias 20 de julho e 25 de agosto, recebem a primeira parcela da prorrogação;

Segundo pagamento

Nascidos em janeiro: depósito em 30/10 e saque em 07/11
Nascidos em fevereiro: depósito em 04/11 e saque em 07/11
Nascidos em março: depósito em 05/11 e saque em 14/11
Nascidos em abril: depósito em 06/11 e saque em 21/11
Nascidos em maio: depósito em 08/11 e saque em 21/11
Nascidos em junho: depósito em 11/11 e saque em 24/11
Nascidos em julho: depósito em 12/11 e saque em 26/11
Nascidos em agosto: depósito em 13/11 e saque em 28/11
Nascidos em setembro: depósito em 15/11 e saque em 28/11
Nascidos em outubro: depósito em 16/11 e saque em 01/12
Nascidos em novembro: depósito em 18/11 e saque em 05/12
Nascidos em dezembro: depósito em 20/11 e saque em 05/12

Quem recebe:

- Inscritos via site ou app que receberam a primeira parcela do auxílio emergencial em maio, recebem a segunda parcela da prorrogação;

- Aprovados que fizeram a contestação entre os dias 20 de julho e 25 de agosto, recebem a segunda parcela da prorrogação;

- Inscritos via site ou app que receberam a primeira parcela em maio, recebem a primeira parcela da prorrogação.

Terceiro pagamento

Nascidos em janeiro: depósito em 22/11 e saque em 19/12
Nascidos em fevereiro: depósito em 23/11 e saque em 19/12
Nascidos em março: depósito em 25/11 e saque em 04/01
Nascidos em abril: depósito em 27/11 e saque em 06/01
Nascidos em maio: depósito em 29/11 e saque em 11/01
Nascidos em junho: depósito em 30/11 e saque em 13/01
Nascidos em julho: depósito em 02/12 e saque em 15/01
Nascidos em agosto: depósito em 04/12 e saque em 18/01
Nascidos em setembro: depósito em 06/12 e saque em 20/01
Nascidos em outubro: depósito em 09/12 e saque em 22/01
Nascidos em novembro: depósito em 11/12 e saque em 25/01
Nascidos em dezembro: depósito em 12/12 e saque em 27/01

Quem recebe:

- Inscritos via site ou app que receberam a primeira parcela do auxílio emergencial em maio, recebem a terceira parcela da prorrogação;

- Aprovados que fizeram a contestação entre os dias 20 de julho e 25 de agosto, recebem a terceira parcela da prorrogação;

- Inscritos via site ou app que receberam a primeira parcela em maio, recebem a segunda parcela da prorrogação;

- Inscritos via site ou app que receberam a primeira parcela em junho, recebem a primeira parcela da prorrogação.

Quarto pagamento

Nascidos em janeiro: depósito em 13/12 e saque em 19/12
Nascidos em fevereiro: depósito em 12/12 e saque em 19/12
Nascidos em março: depósito em 14/12 e saque em 04/01
Nascidos em abril: depósito em 16/12 e saque em 06/01
Nascidos em maio: depósito em 17/12 e saque em 11/01
Nascidos em junho: depósito em 18/12 e saque em 13/01
Nascidos em julho: depósito em 20/12 e saque em 15/01
Nascidos em agosto: depósito em 20/12 e saque em 18/01
Nascidos em setembro: depósito em 21/12 e saque em 20/01
Nascidos em outubro: depósito em 23/12 e saque em 22/01
Nascidos em novembro: depósito em 28/12 e saque em 25/01
Nascidos em dezembro: depósito em 29/12 e saque em 27/01

Quem recebe:

- Inscritos via site ou app que receberam a primeira parcela do auxílio emergencial em maio, recebem a quarta parcela da prorrogação;

- Aprovados que fizeram a contestação entre os dias 20 de julho e 25 de agosto, recebem a quarta parcela da prorrogação;

- Inscritos via site ou app que receberam a primeira parcela em maio, recebem a terceira parcela da prorrogação;

- Inscritos via site ou app que receberam a primeira parcela em junho, recebem a segunda parcela da prorrogação;

- Inscritos via site ou app que receberam a primeira parcela em julho, recebem a primeira (e única) parcela da prorrogação.