Economia

Valor da cesta básica sobe no mês de setembro em Caruaru

O óleo e o arroz registraram alta nos preços

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 20/10/2020 às 12:04
NOTÍCIA
Diego Nigro/JC Imagem
FOTO: Diego Nigro/JC Imagem
Leitura:

O valor da cesta básica subiu no mês de setembro em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, de acordo com pesquisa realizada por integrantes dos cursos de Ciências Contábeis e Gestão Financeira do Centro Universitário Unifavip. Segundo o levantamento, houve aumento de 0,4% em setembro, quando o valor da cesta passou de R$ 351,62 para R$ 353,05.

Os alimentos que mais pesaram na cesta em setembro foram o óleo, com acréscimo de 36,19% e o arroz, que subiu 33,93%. Outros itens que registraram alta foram o feijão (9,1%) e o leite (5,68%). Registraram queda o tomate (-16,31%), a banana (-19,38%) e o café (-3,56%).

Ainda de acordo com a pesquisa, a alimentação básica em Caruaru apresenta um valor menor do que a do Recife, uma diferença de R$ 111,26. Na capital, a cesta básica custa R$ 464,31.

Salário mínimo ideal

Usando a metodologia do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), a pesquisa calculou ainda as horas trabalhadas para a obtenção da cesta básica e o salário mínimo ideal que os caruaruenses deveriam ter para custeá-la.

Este valor deveria ser de R$ 2.965,96 em setembro para comprar os gêneros alimentícios básicos para o grupo familiar. O trabalhador da cidade utiliza 37% (81h42min) do tempo mensal para as despesas de alimentação (de acordo com as 220 horas mensais previstas pelo Ministério do Trabalho).

Mais Lidas