menu

Aeroporto de Garanhuns será requalificado com investimento de R$ 3,8 milhões

Ideia é de que espaço receba voos comerciais

Aeroporto de Garanhuns, no Agreste de Pernambuco, será requalificado
Aeroporto de Garanhuns, no Agreste de Pernambuco, será requalificado (Divulgação/Heudes Regis/SEI)

O Aeroporto de Garanhuns, no Agreste de Pernambuco, será requalificado. A obra inclui a reconstrução do pavimento da pista de pouso, a recuperação do terminal de passageiros, cercas e o balizamento noturno, além da implantação de sinalização e serviços de limpeza e capinação na estrutura. O investimento é estimado em R$ 3,8 milhões e a autorização para o inicio do processo licitatório foi assinada nessa sexta-feira (23) pelo governador do Estado, Paulo Câmara.

Em visita à cidade, o governador afirmou que a requalificação deve atrair empresas aéreas para operar voos comerciais na cidade. "Pernambuco é um Estado grande, que precisa de opções no transporte aéreo. Já fizemos movimentos importantes em Caruaru e em Serra Talhada, que vão receber, agora em novembro, voos da Azul. Vamos iniciar o processo também aqui nesta cidade, para termos outro polo de aviação", declarou.

No dia 8 de outubro, o Governo do Estado anunciou que a Azul Linhas Aéreas irá ofertar voos diretos e regulares para o Recife, duas vezes por dia, nos aeroportos Santa Magalhães (Serra Talhada) e Oscar Laranjeira (Caruaru). O início das operações está previsto para 11 de novembro.

Abastecimento

Ainda em visita a Garanhuns, a comitiva do governo estadual realizou vistoria nas obras do Sistema de Abastecimento de Água (SAA) do município. A intervenção é orçada em R$ 18 milhões e tem como objetivo melhorar a oferta de água para os 120 mil moradores da cidade, com o fim do rodízio de abastecimento nas áreas mais distantes do centro. Os serviços estão previstos para ser concluídos em setembro do próximo ano.

Serão construídos quatro reservatórios e implantados 92 quilômetros de tubulações, ampliando em 30% a atual rede de distribuição. Outras melhorias serão realizadas nos equipamentos de controle e medição de vazão e pressão existentes, para aumentar o monitoramento das perdas de água. Atualmente, 95% do município de Garanhuns já recebe água todos os dias, mas o abastecimento nas localidades que serão beneficiadas pelo novo sistema funciona hoje no regime de três dias com água para três dias sem.

PE-193

O governador também esteve no local das obras de implantação e pavimentação da PE-193, entre Capoeiras e Caetés, também no Agreste. O investimento é de R$ 5,6 milhões. O trecho que passa pela reforma tem 5,2 quilômetros e receberá serviços de terraplanagem, pavimentação e sinalização. A previsão de conclusão é de quatro meses.