menu

Primeira-dama de Santa Maria da Boa Vista, no Sertão, recebeu quatro parcelas do auxílio emergencial

Atual prefeito, Humberto Mendes, é candidato à reeleição

Primeira-dama e prefeito de Santa Maria da Boa Vista
Primeira-dama e prefeito de Santa Maria da Boa Vista (Arquivo pessoal)

A primeira-dama do município de Santa Maria da Boa Vista, no Sertão de Pernambuco, Gerlândia Delmondes Ventura, recebeu quatro parcelas do auxílio emergencial de R$ 600 do Governo Federal, criado para socorrer pessoas de baixa renda durante a pandemia da covid-19.

O nome de Gerlandia consta no Portal da Transparência da Controladoria-Geral da União como uma das beneficiárias no município. No total, ela recebeu R$ 2.400 oriundos dos cofres públicos.

O caso veio à tona durante um debate eleitoral realizado por uma rádio local, já que o atual prefeito, Humberto Mendes (PSB), é candidato à reeleição.

Prefeito não sabia, diz primeira-dama

A remuneração mensal do prefeito é de mais de R$ 30 mil. A primeira-dama reconheceu que o que fez foi errado e alegou que o prefeito só ficou sabendo no último domingo (1º). De acordo com Gerlandia, os valores serão devolvidos ao governo.

*Com informações do repórter Marco Aurelio, da Rádio Jornal Petrolina