Saúde

Anvisa autoriza retomada de testes da vacina Coronavac

Estudos foram pausados após "evento adverso grave" ocorrer com voluntário

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 11/11/2020 às 12:32
NOTÍCIA
Reprodução/Rádio Jornal
FOTO: Reprodução/Rádio Jornal
Leitura:

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) anunciou, nesta quarta-feira (11), que foi retomado o estudo clínico da vacina Coronavac, da farmacêutica chinesa Sinovac, com patrocínio do Instituto Butantan.

Os testes foram interrompidos nessa segunda-feira (10), após a morte de um voluntário. O óbito foi causado por suicídio, de acordo com a Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo.

A Anvisa informou que os estudos foram paralisados por medida de caráter “exclusivamente técnico”, com base no “princípio da precaução”, pela gravidade do evento e porque não tinham sido informados os motivos de aspectos e efeitos em voluntários da vacina.

> Pesquisas da CoronaVac teriam sido suspensas por suicídio de voluntário

> Anvisa interrompe estudos da Coronavac após "evento adverso grave"

Depois de analisar dados do instituto Butantan, a Anvisa entendeu que há “subsídios suficientes para permitir a retomada da vacinação e segue acompanhando a investigação do desfecho do caso para que seja definida a possível relação de causalidade entre o EAG inesperado e a vacina".

Mais Lidas