Educação

Aulas são suspensas em escola do Sertão após 10 funcionários testarem positivo para covid-19

Eles deverão passar por novos testes

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 25/11/2020 às 12:28
NOTÍCIA
Divulgação
FOTO: Divulgação
Leitura:

As aulas da escola técnica estadual Arlindo Ferreira dos Santos foram suspensas nessa terça-feira (24) após 10 funcionários testarem positivo para a covid-19. Os funcionários são dois professores, dois vigilantes, uma merendeira, três auxiliares de serviços gerais e dois gestores.

A instituição de ensino conta com 448 alunos. Após o ocorrido, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe) está defendendo a testagem em massa, tanto dos funcionários como dos alunos, e que as aulas sigam suspensas.

Para o presidente do sindicato, Fernando Melo, apenas afastar aqueles que estão infectados é negligência. "Muitos companheiros, companheiras e estudantes estão sendo acometidos pela covid-19. O Sintepe tem defendido que ao ser detectado um caso de covid, as pessoas possam ser afastadas e as demais que convivem com ela naquele ambiente sejam todos testados para que a gente verifique a abrangência naquele local", destacou.

Ação

Em entrevista à TV Jornal Interior, o secretário estadual de Educação, Fred Amâncio, informou que os funcionários foram testados durante uma ação do município e não apresentavam sintomas. Ele informou ainda que uma professora que testou positivo não estava frequentando a escola por ser do grupo de risco da doença.

Amâncio informou que a secretaria estadual de Saúde fará uma nova testagem nestes profissionais, e a partir do resultado será definido se as aulas seguem suspensas ou se serão retomadas com os protocolos.

Mais Lidas