Famosa

Andressa Urach vai parar no hospital após demissão: “Quase morri”

Com ansiedade e depressão, modelo afirma que está à base de calmantes

NE 10 Interior
NE 10 Interior
Publicado em 28/11/2020 às 16:54
NOTÍCIA
Reprodução/Instagram
FOTO: Reprodução/Instagram
Leitura:

Em entrevista ao colunista do site Metrópoles, Leo Dias, a modelo e apresentadora Andressa Urach contou que após ser demitida da Rede Record, enfrentou problemas de saúde. A conversa entre os dois foi divulgada na tarde deste sábado (28), na plataforma.

“Depois da demissão, eu tive uma crise de ansiedade e depressão. Voltei a fazer tratamento psiquiátrico no SUS. Nós não temos plano de saúde. Julgar todo mundo sabe, agora estar na minha pele… Ninguém sabe o que estou sentindo. Estou à base de calmantes! Graças a Deus tenho bons amigos que estão me ajudando nessa fase delicada da minha vida”, disse Urach.

Andressa Urach detona novamente igreja: "Parabéns Universal por levar minha alma ao inferno"

Andressa Urach decide remover tatuagens

De acordo ainda com ela, toda a renda gerada com seu livro Morri Para Viver foi doada para a igreja. “A única coisa que sobrou das vendas do livro foi a minha casa que moro em Porto Alegre. Doei todos os meus carros, jóias e bolsas Chanel originais para a Igreja. Hoje, meu filho estuda em colégio público. Ano passado, ele quase morreu e ficou internado no SUS”.

Mais críticas

No último dia 13, Andressa Urach já havia utilizado a sua página no Instagram para criticar a igreja evangélica. Na oportunidade, a modelo disse que, nos últimos seis anos, esteve submetida à lavagem cerebral no templo religioso.  

"Depois de seis anos de lavagem cerebral, onde me fizeram acreditar que eu tinha que dar meu tudo para Deus... Me levaram praticamente tudo que eu tinha, foi mais de R$ 1,5 milhão que doei nesses últimos anos", escreveu a modelo.

Com informações do site Metrópoles

Mais Lidas