Internacional

ONU retira maconha de lista de drogas mais perigosas

A decisão pode abrir caminho para uma expansão da pesquisa e do uso medicinal da substância

Equipe NE 10 Interior
Equipe NE 10 Interior
Publicado em 02/12/2020 às 14:29
NOTÍCIA
Getty Images
FOTO: Getty Images
Leitura:

Durante votação realizada, nesta quarta-feira (02), em Viena, na Áustria, a Comissão de Narcóticos da Organização das Nações Unidas (ONU), aprovou a remoção da maconha na lista das drogas mais perigosas do mundo. Para tal decisão, a ela considerou recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), em 2019, sobre a reclassificação.

Para Steve Rolles, analista da Transform Drug Policy Foundation, a decisão significa o fim de uma classificação mais proibitiva e “é o reconhecimento de que tem uso médico”. “Isso vai facilitar acesso a remédios com base e pesquisa”, afirmou ao UOL.

A decisão pode abrir caminho para uma expansão da pesquisa e do uso medicinal da substância. De acordo com especialistas, a votação não terá impacto imediato no afrouxamento dos controles internacionais porque os governos ainda terão jurisdição sobre como classificar a substância.

Vitória Simbólica

Muitos países buscam orientação nas convenções globais e o reconhecimento das Nações Unidas é uma vitória simbólica para os defensores da mudança nas políticas de drogas.

Com informações da Carta Capital

Mais Lidas