Violência

Roubo a banco em Cametá, no Pará, deixa pessoa morta

Caso acontece um dia após o de Criciúma, que repercutiu nacionalmente

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 02/12/2020 às 10:49
NOTÍCIA
Reprodução/Redes sociais
FOTO: Reprodução/Redes sociais
Leitura:

A cidade de Cametá, no Pará, que fica a 235 quilômetros de Belém, foi alvo de um roubo a banco na madrugada desta quarta-feira (2). A investida acontece um dia depois do caso que repercutiu nacionalmente de um roubo com reféns em Criciúma (SC).

A quadrilha cercou o batalhão de polícia da cidade e fez reféns pessoas que estavam em bares. O grupo estava com armas de grosso calibre e explosivos.

O prefeito de Cametá, Waldoni Valente (PSC), informou que uma pessoa morreu, mas não há informações sobre a identidade dela. Os reféns teriam sido utilizados de escudo humano. Uma outra vítima ficou ferida.

"Nossa cidade sempre foi pacífica e peço a todos que fiquem em suas casas. Rogamos ainda a Deus que conforte a família do jovem que perdeu a vida de forma covarde", disse o prefeito.

Os criminosos fugiram por volta de 1h30 usando carros e barcos. Ainda não há informações sobre os valores roubados.

Governador vai à cidade

Pelo Twitter, o governador do Pará, Hélder Barbalho (MDB), disse que está em contato com a cúpula da segurança pública do Estado para tomar as providências necessárias. "Não mediremos esforços para que o quanto antes seja retomada a tranquilidade e os criminosos sejam presos. Minha total solidariedade ao povo cametaense", escreveu.

Barbalho decidiu se deslocar para a cidade para acompanhar as buscas e monitorar as investigações.

 

Mais Lidas