Educação

Em 2020, estudantes da rede estadual de PE não serão reprovados

A exceção deverá ficar por conta dos alunos que tiverem abandonado os estudos

Equipe NE 10 Interior
Equipe NE 10 Interior
Publicado em 03/12/2020 às 14:27
NOTÍCIA
Yacy Ribeiro/JC Imagens
FOTO: Yacy Ribeiro/JC Imagens
Leitura:

Até esta sexta-feira (04), deve ser concluída pela Secretaria Estadual de Educação a normativa que regulamenta como será a aprovação dos estudantes, que compõem a rede estadual de ensino. A ideia é de que eles não sejam reprovados neste ano, por causa da pandemia da covid-19. A exceção deverá ficar por conta dos alunos que tiverem abandonado os estudos.  

"Vamos trabalhar em ciclo nos anos de 2020 e 2021. O estudante será avaliado observando esses dois anos. Portanto não é que vamos aprovar todos os alunos em 2020, mas que eles não serão reprovados porque o encerramento do ciclo de avaliação se dará somente no final de 2021", explicou ao Jornal do Commercio, o secretário estadual de Educação, Fred Amancio.

Atualmente, a rede estadual possui cerca de 560 mil alunos. Apenas as turmas de ensino médio retomaram o ensino presencial, desde 21 de outubro. Aproximadamente 180 mil estudantes do ensino fundamental das escolas estaduais permanecem exclusivamente no ensino remoto, uma vez que o governo de Pernambuco ainda não autorizou a volta das aulas presenciais para esse segmento da educação básica pública.

Férias

Estudantes da rede estadual de PE não serão reprovados e uma das propostas da Secretaria Estadual de Educação é concluir o ano letivo de 2020 em 15 de janeiro, com férias entre 18 de janeiro e 17 de fevereiro. Mas em assembleia realizada pelo Sindicato dos Tabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe), os professores refutaram essas datas. A categoria reivindica que as férias sejam durante todo o mês de janeiro.

Informações do Jornal do Commercio

 

Mais Lidas