Vacina

Lote de insumos para a fabricação da vacina CoronaVac chega ao Brasil

São 600 litros de matéria-prima que podem produzir até 1 milhão de doses

Eduarda Cabral
Eduarda Cabral
Publicado em 03/12/2020 às 8:41
NOTÍCIA
 Dado Ruvic / Reuters
FOTO: Dado Ruvic / Reuters
Leitura:

Um lote com 600 litros de insumos para a fabricação da vacina CoronaVac chegou ao Brasil nesta quinta-feira (3). O lote pode ser utilizado para produzir até 1 milhão de doses. A matéria-prima foi recebida em São Paulo pelo governador João Doria (PSDB), pelo diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, e pelo secretário estadual de Saúde, Jean Gorinchteyn. 

O recebimento dos insumos faz parte de uma parceria entre o laboratório chinês Sinovac e o Instituto Butantan. Essa é a segunda remessa recebida pelo governo do estado de São Paulo. A primeira chegou ao Brasil em 19 de novembro e contava com 120 mil doses prontas da vacina. O acordo prevê o recebimento total de 6 milhões de doses prontas e outras 40 milhões de doses para formulação.

A CoronaVac seguiu para a última fase de testes e agora depende da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para o registro e autorização para uso.

Outras vacinas

De acordo com o relatório divulgado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), estão em desenvolvimento mais de 200 candidatas a vacina contra a Covid-19. Uma delas é a do grupo do grupo Pfizer/BioNTech, que será aplicada a partir da próxima semana no Reino Unido.

Mais Lidas