Fenômeno

Após 800 anos, 'Estrela de Belém' poderá ser apreciada no céu na época natalina

Uma próxima conjunção do tipo só poderá ser vista novamente em 15 de março de 2080

Equipe NE 10 Interior
Equipe NE 10 Interior
Publicado em 10/12/2020 às 15:46
NOTÍCIA
Reprodução
FOTO: Reprodução
Leitura:

Segundo análise de astrônomos, uma estrela rara - a 'Estrela de Belém' - poderá ser observada no céu após 800 anos no final do mês de dezembro deste ano. De acordo com os especialistas, entre os dias 21 e 25 de dezembro, Júpiter e Saturno ficarão mais próximos em oito séculos, formando um ponto de luz.

"Os alinhamentos entre os planetas, conhecidos como conjunção, são bastante raros. Mas essa conjunção é excepcionalmente rara por causa da proximidade dos planetas”. explicou o astrônomo da Rice University, Patrick Hartigan.

De acordo ainda com Patrick, uma próxima conjunção do tipo só poderá ser vista novamente em 15 de março de 2080.

Idade Média

A última vez que a estrela apareceu tão de perto, com uma separação visível de apenas 0,1 grau, foi na Idade Média: antes do amanhecer de 4 de março de 1226.

Com informações do Diario Online

Mais Lidas