Natal

Comemorando 40 anos no Brasil, empresa divulga imagem do Chester vivo; veja

Aparência do bicho sempre foi envolta em mistério

Equipe NE10 Interior
Equipe NE10 Interior
Publicado em 11/12/2020 às 12:39
NOTÍCIA
Divulgação/BRF
FOTO: Divulgação/BRF
Leitura:

Este ano, a BRF, dona da marca Perdigão, comemora 40 anos da chegada do Chester no Brasil. Para celebrar o momento especial, a empresa decidiu divulgar uma imagem do Chester vivo.

A aparência do bicho sempre foi envolta em mistério, e a assessoria de imprensa da empresa dizia que não tinha fotos de divulgação.

Após 800 anos, 'Estrela de Belém' poderá ser apreciada no céu na época natalina

Ceia de Natal vai ficar mais cara este ano; confira

A gerente executiva da Perdigão, Luciana Bulau, explicou à CNN Brasil que o Chester é um animal muito saudável, e o diferencial dele é a genética aperfeiçoada e o cuidado que ele recebe nas granjas e na alimentação.

A dieta é balanceada com vitaminas e minerais para atender as necessidades de desenvolvimento.

"No passado, a Perdigão alimentou essa aura de mistério, mas hoje a gente é muito transparente sobre nossas granjas e a forma como nossos animais são cuidados", declarou.

BRF divulgou foto do Chester vivo
BRF divulgou foto do Chester vivo
Divulgação/BRF

Marca

Na verdade, o Chester não é uma espécie, e sim uma marca registrada. Trata-se de uma linhagem de frango que foi trazida da Escócia para o Brasil em 1980. Alguns anos depois, passou a ser comercializado como concorrente do peru de Natal da Sadia. Atualmente, ambas fazem parte do mesmo grupo.

O tempo de criação do Chester é superior ao do frango convencional, uma vez que o Chester é abatido em torno de 50 dias, 20 dias a mais do que o frango. A produção está concentrada na cidade de Mineiros, em Goiás.

Mais Lidas