astronomia

Mês de dezembro terá último eclipse solar de 2020, chuva de meteoros e cometa

Os fenômenos podem ser vistos em algumas regiões do país

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 11/12/2020 às 11:06
NOTÍCIA
Pixabay
FOTO: Pixabay
Leitura:

O departamento de astronomia da Universidade de São Paulo (USP) divulgou que o último eclipse solar do ano está previsto para acontecer na próxima segunda-feira (14), das 11h33 às 14h53 do horário de Brasília. Esse tipo de eclipse ocorre quando a Lua fica localizada em uma posição exata entre o Sol e a Terra.

O fenômeno astronômico pode ser visto em algumas regiões e será mais visível nos estados localizados ao Sul do país. No Rio Grande do Norte, o eclipse terá 60% do disco solar coberto pela Lua; já em São Paulo, terá aproximadamente 50% e no Rio de Janeiro 40%. No Norte e Nordeste não será possível contemplar.

Após 800 anos, 'Estrela de Belém' poderá ser apreciada no céu na época natalina

Outros fenômenos

Chuva Geminídeas

Na madrugada entre o domingo (13) e a segunda (14), está prevista uma chuva de meteoros Geminídeos, a partir das 22h até às 2h. A chuva que segue em direção à constelação de Gêmeos está acontecendo desde o dia 4 de dezembro e deve se repetir todas as noites até o dia 18. As Geminídeas acontecem quando o planeta atravessa uma região onde já passou um cometa em sua trajetória em torno do Sol.

Cometa Erasmus

A última vez que um cometa apareceu durante um eclipse solar total foi em 1948. Apesar de durar algumas horas, o sol ficará totalmente coberto pela Lua por aproximadamente dois minutos. As chances de ver o cometa a olho nu são nulas, já que ele brilhará com magnitude 4 ou 5. No entanto, é uma oportunidade para observadores e astrofotográficos registrarem o fenômeno com os equipamentos adequados.

Grande conjunção

O fenômeno que será visto no dia 21 de dezembro ocorre quando dois corpos celestes parecem estar juntos quando visto do céu. Júpiter e Saturno estarão aparentemente mais próximos e o evento celestial poderá ser visto olhando em direção ao pôr-do-sol.

Mais Lidas