Imunização

Governador diz que Pernambuco está pronto para imunizar população tão logo receber vacina

Em pronunciamento, Câmara também chamou a atenção para a importância de se cumprir as medidas de isolamento social, nesta reta final de 2020

Equipe NE 10 Interior
Equipe NE 10 Interior
Publicado em 12/12/2020 às 8:16
NOTÍCIA
Hélia Scheppa/SEI
FOTO: Hélia Scheppa/SEI
Leitura:

Em pronunciamento divulgado nas redes sociais, na tarde dessa sexta-feira (11), o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, afirmou que o Estado está preparado para imunizar a população no que diz respeito à vacinação contra a covid-19. Tal medida, se dará tão logo o Governo Federal comece a distribuição das vacinas. 

Brasil ultrapassa marca de 180 mil mortes por covid-19

“De nossa parte, já estruturamos nossa rede estadual para, assim que recebemos as vacinas, levar o imunizante aos 184 municípios pernambucanos em, no máximo, quatro dias”, confirmou Câmara, que ainda acrescentou que PE dispõe de um estoque de mais de três milhões de seringas, já outros sete milhões de unidades estão em processo de compra.

Ainda relação à pandemia, o governador de Pernambuco também chamou a atenção para a importância de se cumprir as medidas de isolamento social, nesta reta final de 2020.  

“Acho que cabe aqui uma reflexão: este será um Natal que terá um significado muito especial por causa deste ano tão difícil para todos, como tem sido 2020. Enquanto a vacina não chega, precisaremos fazer escolhas diárias que são difíceis, mas que vão minimizar os impactos dos encontros natalinos daqui a 15 dias”, comentou.

Números

Desde o início da pandemia, mais de 180 mil pessoas morreram no Brasil devido ao novo coronavírus. Com 672 novas vidas perdidas acrescidas às estatísticas do Ministério da Saúde em 24 horas desde o boletim da última quinta-feira (10), o total de óbitos chegou a 180.437. A pasta ainda investiga se a morte de 2.296 pessoas foi por covid-19.

A lista dos estados com mais mortes pela covid-19 é encabeçada por São Paulo (43.802), Rio de Janeiro (23.630), Minas Gerais (10.565), Ceará (9.772) e Pernambuco (9.244). As Unidades da Federação com menos óbitos pela doença são Acre (747), Roraima (753), Amapá (846), Tocantins (1.195) e Rondônia (1.634).

Mais Lidas