policial

Prefeito de Palmares, Altair Júnior, é alvo de operação da Polícia Civil

'Fim de Jogo' cumpre 11 mandados de busca e apreensão

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 17/12/2020 às 8:58
NOTÍCIA
Reprodução/Facebook
FOTO: Reprodução/Facebook
Leitura:

A Polícia Civil de Pernambuco deflagrou a operação Fim de Jogo nesta quinta-feira (17). Um dos alvos da ação é o prefeito de Palmares, Altair Júnior (MDB). O objetivo é de identificar e desarticular uma suposta organização criminosa de peculato e falsificação de documentos.

A ação cumpre 11 mandados de busca e apreensão, além de sequestros de bens e valores no Recife, em Água Preta e Palmares. A operação é realizada por meio de determinação do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE).

As investigações mostraram que houve desvio de verbas da Prefeitura de Palmares em convênio com a Secretaria de Esportes e a Liga Desportiva de Palmares. "Recebemos as informações através de denúncias anônimas, bem como com informações da Câmara de Vereadores, que havia instaurada uma CPI para analisar as denúncias de desvio de verbas", afirmou o delegado Diego Pinheiro.

De acordo com a Polícia Civil, as investigações da operação Fim de Jogo começaram em janeiro deste ano com apoio da Diretoria de Inteligência da Polícia Civil de Pernambuco (Dintel), participação do laboratório de Lavagem de Dinheiro (LAB) e colaboração do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE).

A assessoria de imprensa do prefeito Altair Júnior (MDB) não encaminhou nenhuma nota de esclarecimento até o momento.

Estação final

A Polícia Civil desencadeou outra operação nesta quinta-feira (17), denominada Estação Final. O objetivo é de identificar e desarticular um grupo criminoso ligado a tráfico de drogas e lavagem de dinheiro. A ação é comandada pela Delegacia Seccional de São José da Coroa Grande e cumpre 19 mandados de prisão e oito de busca e apreensão domiciliar. As investigações tiveram início em setembro de 2019.

Mais Lidas