Desaparecimento

Mãe faz novo apelo sobre desaparecimento de filho que foi raptado em Caruaru; "Não sei mais o que fazer"

Há exatamente nove dias que Yuri Gomes Sobrinho foi levado por quatro homens, que se passaram por policiais

Pedro Augusto
Pedro Augusto
Publicado em 24/12/2020 às 13:28
NOTÍCIA
Reprodução/Programa Sem Meias Palavras
FOTO: Reprodução/Programa Sem Meias Palavras
Leitura:

Há exatamente nove dias que o jovem Yuri Gomes Sobrinho, de 19 anos, foi raptado, na Rua Presidente Sarmiento, no Bairro do Salgado, em Caruaru, no Agreste pernambucano. Câmeras de segurança registraram quando ele foi, de início, abordado, juntamente com um amigo por quatro homens em um automóvel e, em seguida, foi raptado pelos suspeitos, que se passaram por policiais. Durante a investida criminosa, o amigo da vítima conseguiu escapar.

"Devolva o meu filho", apela mãe de jovem que foi sequestrado em Caruaru

Jovem é sequestrado à luz do dia no bairro do Salgado, em Caruaru

Nesta quinta-feira (24), véspera de Natal, a mãe de Yuri, Suely Gomes, fez um novo apelo, através do programa Sem Meias Palavras, da TV Jornal Interior, para o que se o filho seja devolvido. 

"Estou desesperada! Meu filho foi sequestrado, no último dia 15 deste mês e até o presente momento, não apareceu tampouco tivemos notícias dele. A família e os amigos estão muito preocupados e é muito angustiante para uma mãe. Eu sei que isso acontece no Brasil inteiro, mas venho aqui encarecidamente pedir ajuda para que tenhamos alguma notícia ou pista sobre o paradeiro dele. Eu não aguento mais! Não estou me alimentando, não estou dormindo, a minha vida parou!".

No vídeo, Sueli também divulgou o número do telefone de contato para o repasse de informações sobre o desaparecimento de filho: 99370-3925. "Ele teve uma passagem pelo presídio, mas pagou o que devia, é um rapaz bom e trabalhador. Desde setembro que ele vinha trabalhando e levando uma vida normal. Faço um apelo em nome de Jesus Cristo, que quem tiver com ele, por favor, devolva o meu filho".

Namorada

Érica, a namorada de Yuri, também enviou vídeo ao programa apelando para o retorno do jovem. "Qualquer pessoa que souber de algo ou tiver qualquer informação entre em contato conosco ou com a polícia. Ele é um rapaz muito bom!". 

Civil

A titular da 2ª Delegacia de Caruaru, Rita de Cássia, falou sobre o caso Yuri. "Já ouvimos a genitora, a companheira e o amigo da vítima, que se encontrava com ela com tudo aconteceu. A Polícia Civil está trabalhando com várias hipóteses, mas a mais forte está relacionada à vida pregressa do Yuri. Ele esteva preso por tráfico e, a partir, daí, deve ter surgido algum problema, como dívida, rixa ou vingança". 

Mais Lidas