HOMICÍDIO

Juíza é assassinada pelo ex-marido na frente das filhas no Rio de Janeiro

A morte da juíza aconteceu na quinta-feira (24), véspera de Natal, na Barra da Tijuca

Equipe NE10 Interior
Equipe NE10 Interior
Publicado em 25/12/2020 às 12:05
NOTÍCIA
Reprodução/NE10 Interior
FOTO: Reprodução/NE10 Interior
Leitura:

A juíza Viviane Vieira, de 45 anos, foi morta a facadas na frente das três filhas e o ex-marido dela foi preso em flagrante pelo crime de feminicídio. Após receber voz de prisão, ele foi levado para um presídio. O caso aconteceu na tarde da quinta-feira (24), véspera de Natal, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. A juíza trabalhava no Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ).

 

O crime foi registrado através de um vídeo e as imagens circularam nas redes sociais.  As filhas da juíza aparecem gritando para que o pai parasse, enquanto ele ataca a ex-esposa com vários golpes de faca. Em setembro, Viviane havia feito um registro de lesão corporal e ameaça contra o ex-marido, que foi enquadrado na Lei Maria da Penha. A morte da juíza chocou todo o país

Notícias policiais da TV Jornal

Quer ficar acompanhando as notícias policiais da TV Jornal? Você pode ter acesso rápido a todas elas no nosso grupo, no Facebook. Acesse aqui o grupo Notícias Policiais TV Jornal.

#UmaPorUma

A violência contra a mulher é constante e frequentemente acaba em tragédia. Existe uma história para contar por trás de cada feminicídio, em Pernambuco. O especial Uma por uma contou todas. Em 2018, o projeto mapeou  onde as mataram, as motivações do crime, acompanharam a investigação e cobraram a punição dos culpados. Um banco de dados virtual, com os perfis de vítimas e agressores, além dos trágicos relatos que extrapolam a fotografia da cena do crime. Confira o especial Uma por Uma, sobre feminicídio.

Mais Lidas