menu

Síndrome de Ménière: entenda a doença da cantora Jessie J

Artista britânica acordou na véspera de Natal (24) sem conseguir ouvir sons pelo ouvido direito ou andar em linha reta

Artista britânica acordou na véspera de Natal (24) sem conseguir ouvir sons pelo ouvido direito ou andar em linha reta
Artista britânica acordou na véspera de Natal (24) sem conseguir ouvir sons pelo ouvido direito ou andar em linha reta (Getty Images)

A cantora britânica Jessie J, de 32 anos, foi diagnosticada com Síndrome de Ménière, em plena véspera de Natal (24). Durante  transmissão ao vivo no seu Instagram, ela contou que acordou na data comemorativa sem conseguir ouvir sons pelo ouvido direito ou andar em linha reta.

"Poderia ser muito pior. Estou muito grata pela minha saúde, só fui pega de surpresa. Era véspera de Natal e eu estava no hospital pensando 'o que está acontecendo', mas estou feliz de ter ido logo e por me diagnosticarem com rapidez. Logo me deram os remédios e estou me sentindo bem melhor hoje", comentou a artista. 

Síndrome de Ménière

Também conhecida como hidropsia endolinfática, a Síndrome de Ménière é uma doença rara que acomete o labirinto, estrutura responsável pela audição e pelo equilíbrio.

Os sintomas mais comuns são: Perda de audição flutuante (que pode voltar após alguns minutos ou horas); episódios de vertigem, sensação de ouvido tapado, além de náuseas e vômitos.

A doença não tem cura, mas pode ser controlada com tratamento. Na fase aguda, quando o paciente está passando por uma crise, a conduta médica ideal é devolver o equilíbrio e a audição por meio de tratamento medicamentoso.

Veja postagem

Com informações do UOL