Violência

Pai é suspeito de matar a própria filha com tiro de espingarda calibre 12

Segundo investigações da polícia, crime teria sido motivado por causa de herança

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 30/12/2020 às 15:46
NOTÍCIA
Reprodução
FOTO: Reprodução
Leitura:

Um homem de 53 anos é suspeito de matar a própria filha Nailza Araújo, de 36, após discussão ocorrida, na noite dessa terça-feira (29), no município de Boqueirão, a 146 quilômetros de João Pessoa (PB). De acordo com as investigações da Polícia Civil, o crime teria sido motivado por causa de herança de terras.

"Havia uma disputa de terras, de herança, entre eles. Nessa terça, após uma discussão, o pai pegou uma espingarda calibre 12, e efetuou o disparo na cabeça da filha. Pessoas que estavam próximas ainda tentaram evitar o crime, mas não conseguiram", disse ao UOL, o delegado Ilamilto Simplício.

Foragido

Pai é suspeito de matar a própria filha e até a publicação desta matéria, ele ainda não havia sido preso. A mulher chegou a ser socorrida às pressas para um hospital da cidade, mas não resistiu e morreu. 

"É um fato lamentável, envolvendo pai e filha. O pai matar a própria filha por uma disputa de terras, em plena comemoração de Natal e Ano Novo, o cidadão não pensar bem, não refletir, cometer um ato bárbaro desses. Agora é perguntar o que ele vai fazer da vida, certamente vai ser preso e condenado. E aí, valeu a pena?", questionou o delegado.

Com informações do UOL

Mais Lidas