Política

Frota protocola novo pedido de cassação contra Flávio Bolsonaro

De acordo com o deputado federal, o filho do presidente está interferindo em investigações do Ministério Público

Eduarda Cabral
Eduarda Cabral
Publicado em 05/01/2021 às 10:42
NOTÍCIA
Agência Câmara
FOTO: Agência Câmara
Leitura:

O deputado federal Alexandre Frota (PSDB) protocolou junto ao Conselho de Ética do Senado uma nova representação contra o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos). Frota, que já foi aliado do governo Bolsonaro, afirma que o filho do presidente tem interferido em investigações do Ministério Público.

Além disso, o deputado cita um possível crime de tráfico de influência cometido por Flávio. Um crime dessa procedência pode levar até a perca do cargo.

A representação de Frota se junta a uma outra, protocolada em fevereiro de 2020 pelo PSol, PT e Rede, mas que está parada no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar do Senado.

Investigações

Flávio Bolsonaro é investigado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) por fazer “rachadinhas” quando foi deputado estadual na capital. O crime consiste no confisco de uma parte dos salários dos funcionários e é considerado desvio de dinheiro público.

Em novembro de 2020, o MPRJ apresentou denunciou Flávio por peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa. O senador teria desviado R$ 6,1 milhões entre os anos de  2007 e 2018.

Mais Lidas