menu

Covid-19: Governo de Pernambuco proíbe eventos com mais de 150 pessoas

Foi prorrogada a proibição de shows e festas até o fim deste mês

Governo de Pernambuco reduz capacidade de eventos para 150 pessoas no máximo
Governo de Pernambuco reduz capacidade de eventos para 150 pessoas no máximo (Heudes Regis/SEI)

Durante uma coletiva de imprensa realizada virtualmente nessa quarta-feira (6), o Governo de Pernambuco anunciou que a capacidade do setor de eventos no estado será reduzida para no máximo 150 pessoas. O objetivo é diminuir o risco de contágio por covid-19.

Além disso, também foi prorrogada a proibição de shows e festas até o fim de janeiro. Estão vetadas festas de qualquer tipo, em restaurantes, barracas de praia, hotéis ou outros estabelecimentos, com ou sem venda de ingressos.

“Para que as atividades continuem funcionando sem colocar vidas em risco é preciso seguir as normas que norteiam o Plano de Convivência, e que estão centradas no distanciamento, uso de máscara, higiene e monitoramento”, explicou o secretário estadual de Saúde, André Longo.

O secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, anunciou novas medidas mais rigorosas que serão tomadas pelo governo estadual para punir quem desrespeitar as normas do Plano de Convivência. “Vamos ter que aumentar as medidas de fiscalização de forma mais dura e objetiva. Quero pedir a colaboração de todos com o Procon, com a Defesa Social e com as guardas municipais das prefeituras com orlas de praia, para que nos comuniquem, inclusive em outras regiões do Estado”, disse.

Pedro Eurico ainda explicou que as pessoas podem enviam imagens de aglomerações para colaborar. O Estado vai aplicar a multa e notificar diretamente ao Ministério Público para instaurar processo criminal.

Ainda de acordo com o secretário, nos últimos 30 dias já foram multados mais de 150 estabelecimentos com valores que chegam a quase R$ 350 mil. “Esses valores serão aumentados. Em caso de reincidência, a interdição do estabelecimento será definitiva”, destacou.